Posts in "Aldous Huxley"

7 previsões de Aldous Huxley ou por que você deveria estar com medo agora mesmo

7 previsões de Aldous Huxley ou por que você deveria estar com medo agora mesmo

Aldous Huxley foi um dos grandes pensadores do século XX e como bom escritor de ficção científica, um observador das peculiaridades humanas. Seus palpites são uma realidade atual e sempre nos deixam com aquela sensação “Winter is here”. Separamos 7 previsões que já estão entre nós e perguntamos: dá ou não dá medo?

1. Reprodução humana

Em “Admirável mundo novo”, o autor nos apresenta a um mundo onde os bebês são criados artificialmente em laboratório. Apesar de o primeiro bebê de proveta ter sido criado 40 anos depois da criação dessa obra e precisar de um útero humano, hoje temos experimentos no Japão, por exemplo, onde fetos de cabra estão se desenvolvendo até 3 semanas fora do útero da mãe.

2. Relacionamentos líquidos

Huxley pincela no livro “Contraponto”, o que hoje conhecemos como amor líquido: a fragmentação das relações. Temos diversas histórias sobre relacionamentos que buscam o amor, mas que possuem dificuldade em se comunicar, solitários em vidas movimentadas. Em tempos de Tinder, o livro é um recorte de afetos.

3. Manipulação genética

Essa é a parte mais assustadora. Em “Admirável mundo novo”, podemos escolher as características dos bebês e como queremos a seleção dos seres humanos. Não há espaço para defeitos e sim padrões. Hoje em dia, a ética na comunidade científica está sendo altamente discutida desde que chineses conseguiram criar embriões geneticamente modificados. Parece um episódio de Black Mirror, mas tio Huxley já tinha falado sobre isso.

4. Treinamento comportamental

Ainda em “Admirável mundo novo”, os personagens passam por treinamentos com objetivo de moldar seus comportamentos. Base da programação neurolinguística e muito usado por departamentos de marketing e vendas, esse método é capaz de mudar comportamentos através de modelos mentais. Para Huxley, isso nos levaria à alienação. Em tempos de Facebook, o que você diria que é essa vontade que tem em clicar no anúncio daquele produto que tem tudo a ver com você nessa rede social?

5. Cinema 4DX

Os personagens de “Admirável mundo novo” se divertem assistindo ao “cinema sensível”, onde podem ter sensações em experiências interativas. O que é isso senão o cinema 4D? Uau, né?

6. Táxis aéreos

Você pode se locomover por helicóptero via Uber em São Paulo, certo? Os personagens de “Admirável mundo novo” já faziam isso no dia a dia de suas vidas. O curioso é que os helicópteros só foram produzidos em larga escala uma década depois da feitura do livro. =O

7. Fanatismo religioso

Huxley temia que a abundância de informações que recebêssemos nos levasse à passividade e egoísmo. Em tempos de intolerância, sua obra “Os demônios de Loudun” nos mostra como a relação do homem com o fanatismo religioso pode desencadear a histeria. Uma reflexão que soa familiar?

Esse cenário parece atual para você? Conhece algo mais que Huxley previu e que te deixou assustado? Conta para gente nos comentários! =D


Hanny Saraiva

7 músicas inspiradas em livros

7 músicas inspiradas em livros

O Rock in Rio passou e quem já ficou com saudade daquele gostinho de festival? o/ Como música e literatura andam coladas e continuam movendo nosso mundo, selecionamos as sete músicas mais divertidas inspiradas em livros para você ter um dia Poeme-se! Porque “depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música”.

1. Soma, The Strokes e Admirável Mundo Novo

O nome da música e letra são inspiradas na pílula Soma que cura qualquer dor e sofrimento no livro Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

2. For whom the bell tolls, Metallica e Por quem os sinos dobram

O romance de Ernet Hemingway inspirou uma das mais famosas músicas do Mettalica. A música faz referência à guerra, à morte e à montanha onde os personagens do livro se escondem.

3. The Resistance, Muse e 1984

A obra de George Orwell inspirou muita gente, mas a banda britânica fez uma ode ao dedicar o álbum inteiro à sociedade distópica da narrativa de Orwell, como se fosse uma síntese musical do livro.

4. Busca vida, Paralamas do Sucesso e O Pequeno Príncipe

O vídeo da banda de Brasília ganhou várias premiações da MTV Brasil e a música é inspirada no clássico livro de Antoine de Saint-Exupéry. Para você se perder entre as estrelas. =D

5. A hora da estrela, Pato Fu e A hora da estrela

Clarice Lispector inspirou a banda mineira que acredita que “toda arte é alimento pra criar”, com referências explícitas à personagem do livro.

6. Firework, Katy Perry e On the road

Parcialmente inspirada na obra de Jack Kerouac, a música de Katy Perry faz referência à uma passagem do livro que seu esposo havia lido para ela: “como ele queria estar próximo de pessoas que estavam zumbindo e efervescendo”. De acordo com a cantora: “Acho que é por isso que escrevi, é porque eu realmente acredito nas pessoas e acredito que elas têm uma faísca que pode ser um fogo de artifício.

7. Save Ginny Weasley, Harry and the Potters e Harry Potter e a Câmera Secreta

Sim, existe o estilo Wizard Rock, criado por bandas que se inspiram no universo potteriano de J. K. Rowling. Destaque para a banda Harry and the Potters, a primeira do gênero, com divertidas e despretensiosas performances.


Qual sua preferida? Conta pra gente nos comentários! <3


Hanny Saraiva