Posts in "literatura"

Por que o dicionário é chamado de Pai dos Burros?

A maior parte das crianças em idade escolar já se deparou com essa expressão e com certeza se perguntou: Por que o dicionário é chamado de Pai dos Burros? No Abril Literário da Poeme-se, vamos homenagear o dicionário, as palavras, o saber!

A origem exata de “Pai dos Burros” não se tem. Alguns contam que a expressão popular veio justamente de um dos nomes mais famosos dicionários do Brasil, o Dicionário Aurélio. O pai de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira era fabricante de carroças e sempre fora muito elogiado pelo excelente trabalho, que beneficiava tanto os passageiros, quanto os animais – os burros – que puxavam a engenhoca. Assim, seus clientes ficavam tão satisfeitos que muitas vezes diziam não ter palavras para expressar a gratidão. O então menino Aurélio criou seu primeiro dicionário ao anotar diversas palavras que os clientes de seu pai poderiam utilizar para elogiar seu trabalho.

O dicionário é um dos instrumentos de conhecimento mais importantes que temos alcance em uma biblioteca. Em abril de 2010 contavam-se cerca de 435.000 verbetes disponíveis no Aurélio Online. Já que essa lista só aumenta com o tempo (blog, clone, internet – são palavras recentes, por exemplo) fomos procurar as maiores curiosidades da maravilhosa língua portuguesa:

– Quais palavras da língua portuguesa não tem tradução em outras línguas?
A palavra saudade já é clássica nessa lista. Mas sabia que cafuné, farofa, malandro e malemolência são outras palavras que você precisará buscar sinônimos quando estiver em outros países? Embora provavelmente você não conseguirá expressar o verdadeiro significado delas…

– Qual é a maior palavra da língua portuguesa?
Ela tem 46 letras e foi registrada em 2001 no dicionário Houaiss: Respirem fundo e tentem falar em voz alta: pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico (ufa!). E seu significado? “Pessoa que sofre de uma doença pulmonar, a pneumoconiose, causada pela aspiração de cinzas vulcânicas”.

Mas você deve estar mais familiarizado com “anticonstitucionalissimamente” – que tem 29 letras e detinha o título anterior de maior palavra.

– Regionalismos
Mandioca ou Aipim? De nosso Brasil tão vasto cada região criou com o tempo expressões próprias que foram nascendo ao longo dos anos e passadas de geração em geração. Quer ver? Região Nordeste – “Sustança” – que significa a energia dos alimentos. “Quero comer algo que me dê sustança” / Região Sul – “Campo santo” – significa cemitério / Região Norte – “Grife do varal” – criativa expressão para denominar roupa roubada. E tantas outras!

– Palavras que caem no esquecimento com o tempo
Ao mesmo tempo em que surgem novas palavras todos os dias (imagine só agora com a velocidade das informações e inovações que surgem. Por exemplo, o verbo tuitar,

Mas existem palavras que estão sumindo do nosso vocabulário diário e que antigamente eram bem comuns. Para citar algumas: Quiprocó (confusão), Chumbrega (estranho, feio), Carraspana (também conhecida como bebedeira).

– Palavras que poucas pessoas conhecem
Eis aqui uma breve lista com palavras que provavelmente você nunca utilizou e não se lembra de ter visto na sua última consulta ao dicionário: Humifuso (que se dispõe sobre o solo, rasteiro); Babiaque (nome comercial da casca da árvore-da-goma-arábica); Reproche (censura) e Undívago (aquilo que vaga sobre as ondas; flutívago). Ficou com vontade de abrir o dicionário para conhecer mais palavras?

– Quantas palavras uma pessoa em média conhece?
Na língua inglesa, estima-se que um americano acima da média conheça cerca de 8000 palavras, o que é um pouco mais do que uma pessoa precisaria dominar, pois até mesmo os acadêmicos das universidades teriam o conhecimento de uma média de 6000 palavras.

No Abril Literário da Poeme-se, estamos com lançamentos especiais para quem ama o mundo da literatura. A nova camiseta da coleção vem com muito humor para homenagear esse que é um dos Instrumentos de conhecimento mais importantes da biblioteca, o dicionário. Um viva ao léxico! Camiseta o Grande Pai:

Por que o dicionario e chamado de Pai dos Burros

Veja aqui outras camisetas do Abril Literário:

Citação

 

Fontes consultadas:

Universia 

Brasileiros nos Estados Unidos

NCultura

Letras Marques

por que o dicionario e chamdo de pai dos burros

Curiosidades sobre Mário Quintana

Um dos grandes da literatura brasileira, o “poeta das coisas simples”. Reunimos 8 curiosidades sobre Mário Quintana. Aprecie:

1) Conhecido como o “poeta das coisas simples”, o escritor possuía um estilo marcado pela ironia, perfeição técnica e profundidade.

2) Quintana também fazia as vezes de tradutor: foram mais de 130 obras da literatura universal, tais como: “Em Busca do Tempo Perdido”, de Marcel Proust, “Mrs Dalloway”, de Virginia Woolf, e “Palavras e Sangue”, de Giovanni Papini.

3) Mário Quintana foi expulso do Hotel Magestic, no centro de Porto Alegre, pois o jornal onde trabalhava, o Correio do Povo vei à falência. Ironicamente, anos mais tarde, o local transformaria-se na famosas “Casa de Cultura Mário Quintana”.

4) O primeiro livro foi publicado quando Mário tinha 34 anos, embora já fizesse versos desde pequeno.

5) Dentre tantas obras, as de maior destaque são: Canções, 1945; O Aprendiz de Feiticeiro, 1950; Quintares, 1976; O Baú de Espantos, 1986; dentre outros.

6) Manuel Bandeira dedicou-lhe um poema, onde se lê:

Meu Quintana, os teus cantares
Não são, Quintana, cantares:
São, Quintana, quintanares.
Quinta-essência de cantares…
Insólitos, singulares…
Cantares? Não! Quintanares!

7) Lança seu primeiro livro de poesias, A Rua dos Cataventos, em 1940. Assim, tem início sua carreira de poeta, escritor e autor infantil.

8) Uma de suas conquistas foi a publicação de Antologia Poética, no ano de 1966, com sessenta poemas, organizada por Rubem Braga e Paulo Mendes Campos, e lançada para comemorar seus sessenta anos de idade.

Camiseta Selfie Poética

curiosidades quintana

mario quintana

Dia Mundial do Livro – 3 leituras e 1 desafio

Você sabia? Dia 23 de abril é comemorado o Dia Mundial do Livro e o Dia do Direito de Autor. A data surgiu através da UNESCO e quer divulgar para todos o grande prazer que é ler um livro, além de estimular a publicação de obras e a proteção dos direitos autorais. Para a gente da Poeme-se, o dia é perfeito para a gente falar do nosso assunto preferido: livros, literatura e muita poesia! 😉

Continue reading

Entre Traços e Versos

     A Mágica da internet aproxima mais e mais de nossa alma a poesia produzida em todos os cantos do mundo. Não fosse essa engenhosidade planetária com suas multiconexões, não teríamos contato com o trabalho de Peter e Mariana – um projeto lindo que envolve tinta, palavras e muita paixão.
 
“Pingando palavra em tintas, ditando nanquim em versos”

     Mariana Fujisawa diz que em Poesia & Nanquim, os poemas dele e as pinturas dela dissolvem-se num projeto de mão-dupla: Ora poemas em tintas, ora ilustrações ditas.

    Confira em: Poesia & Nanquim
 
Tem sugestões poéticas para nos enviar?

1ª Mostra nacional de #tuiteratura

Tuiteratura, neologismo criado por meio da fusão das palavras “twitter” e “literatura”, define esta nova modalidade literária que veio à tona neste mês de maio, através de uma mostra cultural realizada no Sesc Santo Amaro, em São Paulo.
Sob curadoria da agitadora cultural Giselle Zamboni e assistência do escritor Reni Adriano, contos e poesias com até 140 letras ganham vida em telas interativas, onde várias obras de autores consagrados e outros em ascensão dividem as audiências, com muita cor, som e ideias.
A Poeme-se está lá, representada pelo amigo Felipe Carriço e seus microcontos (contos com até 140 letras). Veja abaixo um pequeno aperitivo de toda a interação que a mostra oferece:

Para mais informações sobre a mostra, acesse a página do Facebook: https://www.facebook.com/Mostratuiteratura

Poesia, um santo remédio – 3º Concurso Literário da Rede de Farmácias Pague Menos

Todo mundo sabe que a poésia é UM SANTO REMÉDIO. Até mesmo a rede de Farmácias Pague Menos chegou nesta conclusão. Confira abaixo o concurso literários que eles estão promovendo, participe e Poeme-se!





Pelo terceiro ano consecutivo, as Farmácias Pague Menos estimulam o surgimento de novos talentos da poesia nacional. Estão abertas para até o dia 25 de março as inscrições para o 3º Concurso Literário promovido pela rede, com o tema Amor, Viva Este Espetáculo

Os autores dos dez melhores textos receberão prêmios de R$ 300 a R$ 1.300 e os 100 mais bem avaliados serão reunidos em um livro.

Para participar basta preencher a ficha de inscrição e entregá-la em umas das 600 lojas espalhadas pelo país. As inscrições também poderão ser feitas pelo site do concurso www.paguemenos.com.br/concursoliterario. Neste você encontra mais informações sobre o envio da poesia através do regulamento.

As poesias serão avaliadas por uma banca examinadora formada por escritores, intelectuais, dirigentes da área cultural e formadores de opinião. Os critérios incluirão originalidade, coerência com o tema, criatividade, métrica, rima e riqueza no uso de figuras de linguagem.

Os resultados serão divulgados no 10º Encontro de Mulheres Pague Menos, no Centro de Eventos do Ceará, evento que promete reunir 12 mil participantes de 23 a 26 de maio. Os melhores textos poderão ser conferidos na íntegra no site do concurso após o anúncio do resultado. Cada autor presente no livro receberá cinco exemplares da publicação.