É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre” – pegando carona na frase de Drummond, nós da Poeme-se acreditamos que podemos fazer o novo a cada momento. Nada como um dia após o outro. Nada como a poesia, a literatura e a arte para nos renovar.

Nesse processo de abrirmos as portas e deixar o pensamento fluir para um novo ciclo que se inicia em 2016, não podemos deixar de reunir aqui tudo o que foi de bom para nós durante 2015. A nossa retrospectiva funciona como uma lembrança de bons tempos, riscar grandes feitos da nossa listinha para preparar as próximas metas e claro, agradecer.

450 anos do Rio de Janeiro
2015 foi o ano dos 450 anos do Rio, quando lançamos a camiseta comemorativa de João do Rio, figura essencial da cidade maravilhosa, e dos 5 anos da Poeme-se.

Flip 2015
O ano também marcou a poesia de Matilde Campilho como a mais vendida e grande sucesso da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip. E o grande homenageado da Flip, Mário de Andrade, também esteve entre os mais vendidos. Para quem não sabe, em 2015 completou-se 70 anos da morte de um dos principais nomes  do modernismo no Brasil. A Poeme-se, claro, não perdeu a chance de celebrar o autor de Macunaíma e lançou a camiseta Mário de Andrade.

O ano das mulheres
A luta ainda continua e não pode parar. Mas, sem dúvidas, a luta pela igualdade de gênero teve grande expressividade em 2015. Seja pelo tema da redação do ENEM: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, até os movimentos que tiveram força nas redes sociais como #PrimeiroAssédio e #MeuAmigoSecreto. Aqui na Poeme-se, temos o orgulho de dizer que em nossa coleção poética temos grandes nomes como Florbela Espanca, Frida, Elisa Lucinda, Anaïs Nin, Cecília Meireles, entre outras. E, agora, uma das grandes escritoras, Simone de Beauvoir – considerada uma das primeiras autoras a escrever sobre o papel da mulher na sociedade e a independência feminina – também está estampada em nossas camisetas!

150 anos do Lançamento de Alice no País das Maravilhas
A obra nosense que encanta gerações, o mundo fantástico que Lewis Carroll criou, os personagens marcantes e todo o universo do livro Alice no País das Maravilhas completou 150 desde o lançamento do primeiro livro. Para homenagear, criamos uma estampa especial e o resultado foi um grande sucesso!

Parceria Eu Me Chamo Antônio
O projeto criado pelo Pedro Gabriel, Eu me chamo Antônio, é de uma delicadeza com os jogos de palavras que encanta. É de um cuidado e dedicação que entregam um presente aos amantes de bons versos. Nós da Poeme-se então fizemos um convite ao Pedro para lançarmos em parceria uma linha com 5 estampas de porta-copos (veja a coleção). Rolou até entrevista para o blog, contando mais do projeto.

Participação na Bienal
O ano também marcou a Poeme-se porque foi a primeira vez que participamos de um dos maiores eventos de literatura do Brasil, a Bienal do Livro no Rio. Teve tanta coisa boa por lá que reunimos tudo nesse post aqui, vem ver!<

A concretização de um sonho: Poesia 2.0
Lá em fevereiro a gente lançou um convite: que os poetas da nova cena no Brasil nos enviassem suas propostas para, juntos, colocarmos a poesia em movimento. O projeto funciona assim: o artista envia seu portfólio poético e passa por uma seleção da Poeme-se. Os selecionados são convidados a desenvolver uma camiseta em parceria com a gente. Em 2015 tivemos 6 lançamentos, conheça aqui: Zuza ZapataNi Brisant e Victor RodriguesDavid Cohen e Guarnier e Lucas Limberti

Grandes lançamentos do ano
Nossa coleção poética aumentou e ganhou nomes essenciais que há muito tempo vocês já pediam:
– O Pequeno Príncipe
– A Divina Comédia (Dante Alighieri)
– Amor Segundo Bukowski
Pasárgada (Manuel Bandeira)
Baudelaire
 Montesquieu
– 10 novas estampas de book bags

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *