Posts tagged "bates motel"

5 séries de peso baseadas em livros

Adaptações sempre são assuntos polêmicos e muitas vezes repetimos que o livro é melhor, mas algumas vezes temos que dar o braço a torcer e afirmar que o trabalho de adaptação é de qualidade (mas não supera o livro).

A gente quer que todo mundo veja a série sim, mas que também leiam o livro, né? Por isso separamos 5 séries de peso (fortes, impactantes, com excelentes adaptações, seja por conta do trabalho dos atores, seja pelo trabalho da equipe de produção e criação) baseadas em livros. Qual sua preferida?

1. Game of thrones

Queridinho número 1 da galera contemporânea (e alguns órfãos de O senhor dos anéis), a primeira temporada foi bem fiel ao primeiro livro da série de livros A Song of Ice and Fire, de George R. R. Martin. Apesar de o autor não ter concluído ainda a série de livros, a série televisiva alavancou a venda de livros e retornou a sede por livros grossos e caminha para a última temporada com muito sangue, plot twist e surpresas.

Sinopse: Situada nos continentes fictícios de Westeros e Essos, a série centra-se no Trono de Ferro dos Sete Reinos e segue um enredo de alianças e conflitos entre as famílias nobres dinásticas, seja competindo para reivindicar o trono ou lutando pela independência do trono.

camiseta Hold the Door

Bates motel

Espécie de prólogo do livro Psicose, escrito por Robert Bloch, – que também inspirou o filme de Alfred Hitchcock – Bates Motel aborda os mistérios em volta do personagem Norman Bates e sua mãe. Com atuações intensas, a psicopatia, a loucura e a manipulação saem da esfera cliché e esse universo é explorado com maestria, assim como foi o livro de Bloch, “publicado originalmente em 1959 e livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O protagonista Norman Bates, assim como Gein, era um assassino solitário que vivia em uma localidade rural isolada, teve uma mãe dominadora, construiu um santuário para ela em um quarto e se vestia com roupas femininas.”

Sinopse: Após a misteriosa morte de seu marido, Norma Bates decide começar uma nova vida longe do Arizona, na pequena cidade de White Pine Bay, em Oregon, e leva o filho Norman, de 17 anos, com ela. Ela compra um velho motel abandonado e a mansão ao lado.

3. Mindhunter

Pesado, intenso, o autor não mede palavras, tornando o livro base para várias séries e filmes de investigação. Mindhunter, de John Douglas e Mark Olshaker conta a história do lendário agente especial do FBI John Douglas, especialista em serial killers que desvendou a identidade de diversos suspeitos e analisou perfis como os de Charles Mason. Thriller ou biografia? A adaptação para a série caminha para thriller documental, com foco nos perfis criminosos, mas também nas consequências de se focar somente no trabalho. A série se baseia na vida de dois agentes que assim como John, entrevistam assassinos e analisam perfis para resolver casos.

Sinopse: Estados Unidos, 1977. Holden Ford e Bill Tench, dois agentes do FBI, possuem um plano ambicioso em mente: desenvolver a primeira pesquisa nos EUA sobre a mente dos assassinos. Para isso, eles precisam ganhar a confiança dos detentos e superar uma série de desafios.

4. Anne with an E

A série é inspirada no livro Anne de Green Gables, da canadense Lucy Montgomery, publicado a primeira vez em 1908. A adaptação foi feita pela escritora e produtora Moira Walley-Beckett e é uma combinação de romantismo da era vitoriana, com pinceladas de problemas sociais ao fundo e como lidar com eles. Singela e permeada de atuações ora tocantes ora exageradas, Anne with an E aborda temas como feminismo, machismo, a homossexualidade e o racismo de forma enternecedora, além de acompanharmos as frustações e alegrias do dia a dia dos personagens.

Sinopse: Depois de treze anos sofrendo no sistema de assistência social, a órfã Anne é mandada para morar com uma solteirona e seu irmão. Munida de sua imaginação e de seu intelecto, a pequena Anne vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

5. Handmaid’s tale

Baseado no livro O conto da aia, que ganhou o primeiro Prêmio Arthur C. Clarke Award de 1987 e foi também nomeado ao Nebula Award de 1986 e ao Prometheus Award de 1987, o livro de ficção especulativa de Margaret Atwood já vendeu milhões de cópias e assombra leitores e autores. A série ganhou notoriedade entre críticos e o movimento feminista.

Pelas palavras de James Poniewozik, do The New York Times,“‘The Handmaid’s Tale’ é um alerta. Uma história de resistência e sua construção de universo é impecável. É rigorosa, vital e muito assustadora. (…) Eu odeio dizer que essa trama é relevante atualmente, como se não fosse assim há três décadas. Mas vamos encarar: quando se tem um presidente que fala sobre mulheres como se elas fossem brinquedos, que deu a entender que uma jornalista durona estava menstruada, cujo governo juntou uma sala cheia de políticos homens para discutir a saúde das mulheres – bem, o marketing viral acontece por conta própria. Você pode não acreditar que alguém na vida real esteja tentando fazer como que os Estados Unidos se transformem em Gilead. Mas ‘The Handmaid’s Tale’ não é sobre uma profecia. É sobre um processo, sobre a maneira com que as pessoas se forçam a acreditar que o anormal é normal, até que um dia elas olham ao redor e percebem que esses são os antigos dias ruins.”

Sinopse: Em um futuro distópico, um governo totalitário e fundamentalista cristão é formado no território onde antes estava os Estados Unidos. Devido contaminação ambiental desenfreada, a maioria das mulheres se tornou estéril. Para garantir a sobrevivência de sua população, o governo “recrutou” as poucas mulheres férteis, que foram realocadas nas casas da elite, onde são submetidas a estupro ritualizado por seus mestres, de modo a gerarem seus filhos.

camiseta handmaid's tale

Gostaria de compartilhar alguma outra série que você ama baseada em livro? Conta pra gente nos comentários. =D

Hanny Saraiva