Posts tagged "Camiseta Literária"

7 músicas inspiradas em livros

7 músicas inspiradas em livros

O Rock in Rio passou e quem já ficou com saudade daquele gostinho de festival? o/ Como música e literatura andam coladas e continuam movendo nosso mundo, selecionamos as sete músicas mais divertidas inspiradas em livros para você ter um dia Poeme-se! Porque “depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música”.

1. Soma, The Strokes e Admirável Mundo Novo

O nome da música e letra são inspiradas na pílula Soma que cura qualquer dor e sofrimento no livro Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

2. For whom the bell tolls, Metallica e Por quem os sinos dobram

O romance de Ernet Hemingway inspirou uma das mais famosas músicas do Mettalica. A música faz referência à guerra, à morte e à montanha onde os personagens do livro se escondem.

3. The Resistance, Muse e 1984

A obra de George Orwell inspirou muita gente, mas a banda britânica fez uma ode ao dedicar o álbum inteiro à sociedade distópica da narrativa de Orwell, como se fosse uma síntese musical do livro.

4. Busca vida, Paralamas do Sucesso e O Pequeno Príncipe

O vídeo da banda de Brasília ganhou várias premiações da MTV Brasil e a música é inspirada no clássico livro de Antoine de Saint-Exupéry. Para você se perder entre as estrelas. =D

5. A hora da estrela, Pato Fu e A hora da estrela

Clarice Lispector inspirou a banda mineira que acredita que “toda arte é alimento pra criar”, com referências explícitas à personagem do livro.

6. Firework, Katy Perry e On the road

Parcialmente inspirada na obra de Jack Kerouac, a música de Katy Perry faz referência à uma passagem do livro que seu esposo havia lido para ela: “como ele queria estar próximo de pessoas que estavam zumbindo e efervescendo”. De acordo com a cantora: “Acho que é por isso que escrevi, é porque eu realmente acredito nas pessoas e acredito que elas têm uma faísca que pode ser um fogo de artifício.

7. Save Ginny Weasley, Harry and the Potters e Harry Potter e a Câmera Secreta

Sim, existe o estilo Wizard Rock, criado por bandas que se inspiram no universo potteriano de J. K. Rowling. Destaque para a banda Harry and the Potters, a primeira do gênero, com divertidas e despretensiosas performances.


Qual sua preferida? Conta pra gente nos comentários! <3


Hanny Saraiva

Um lançamento próprio para o mês dos Pais

    Agosto, aqui na Poeme-se, é o mês de Ernest Miller Hemingway, o querido escritor norte-americano que tinha a alcunha de Papa.
Ele que foi laureado com os maiores prêmios da literatura mundial, agora pode ser vestido. Veja logo a baixo:
T-Shirt Ernest Hemingway Babylook Ernest Hemingway Bata Ernest Hemingway

Curiosidades sobre Hemingway:

“Hemingway” é o nome de uma categoria de bêbado

    Psicólogos da Universidade de Missouri publicaram um estudo na revista científica Pesquisa e Teoria do Vício confirmando a existência de mais de um tipo de bêbado. A categoria dos bêbados impassíveis – aqueles que viram uma garrafa de uísque e continuam agindo como se nada tivesse acontecido – ganhou o nome de Ernest Hemingway. Veja o estudo aqui.

Hemingway foi um espião soviético

    O livro Spies: The Rise and Fall of the KGB in America revelou que realmente estava na lista dos agentes da KGB nos Estados Unidos. Baseado nas notas de um oficial do serviço de espionagem russo, o livro revela que Hemingway foi recrutado em 1941 antes de fazer uma viagem à China. Seu codinome era “Argo”.

Há um asteróide chamado Hemingway

    Hemingway está no céu, e isso não é um eufemismo para sua morte. Em 1978, o astrônomo soviético Nikolai Chernykh batizou um asteroide que orbita o sol de 3656 Hemingway.

Ele sobreviveu a duas quedas de avião

   Em um voo de observação sobre o Congo Belga, atual República Democrática do Congo, em 1952, o avião em que o escritor estava caiu, e ele feriu a cabeça. Tentou pegar um segundo avião para buscar resgate na cidade de Entebbe, mas ele explodiu na decolagem. O saldo final, segundo sua esposa, foram rupturas nos rins e no fígado, o crânio quebrado, um ombro deslocado e duas vértebras fraturadas.

Poeme-se

FLIP2017 – O que vai rolar de bom?

Com uma presença maior de autores negros, mais mulheres, mais eventos paralelos e todo o charme de Paraty, a FLIP 2017 esta chegando. Por isso, separamos atividades imperdíveis durante a edição que Homenageia Lima Barreto. Confira:
Lima Barreto

Lima Barreto

Dia 26

Às 19h15 tem a sessão de Abertura – “Lima Barreto: triste visionário” O ator Lázaro Ramos e a historiadora Lilia Schwarcz, biógrafa do homenageado, vão apresentar uma aula ilustrada, comparando o Brasil de Lima Barreto e suas previsões para o futuro. A sessão de Abertura foi batizada com o título do livro de Lília que acabou de ser lançado

Dia 27

“Em nome da mãe” é o nome da mesa oficial que começa às 21h30. Nela, duas escritoras cujas famílias foram marcadas pelas guerras ( a brasileira Noemi Jaffe e a tutsi Scholastique Mukasonga) vão conversar sobre as reconstruções artísticas a partir das tragédias.

Dia 28

Para quem é de cair na night da literatura, a Festa do Policarpo, organizado pelo PublishNews,  acontecerá a partir das 22h. O local será o quiosque Pizzaria da Praia, na praia do Pontal, do outro lado do rio Perequê-açú, próximo ao terreno que abrigava a antiga Tenda dos Autores da Flip. (veja o evento aqui)

Dia 29

No sábado, a Amazon vai realizar o Dia do Autor Independente na Casa Santa Rita da Cassia – A programação acontecerá a partir das 10h. Durante o dia haverá um pitching apelidado de Vendendo sua Ideia, no qual 10 autores independentes terão três minutos para apresentar seus projetos a editores e profissionais do mercado editorial.

 

Às 20h15 do sábado, na Casa Sesc, vai rolar o Sarau de 5 Polegadas: Prosa e poesia lidas por convidados e público a partir de aparelhos digitais, como telefones celulares. Com Jessé Andarilho e Coletivo Marginow.

 


Essas são só algumas das atividades da FLIP. Agora queremos saber o que você nos sugeriria?