Posts tagged "poesia em movimento"

6 mulheres que mudaram a história da literatura

6 mulheres que mudaram a história da literatura

“Elas inauguram linhagens, fundam reinos e são fantásticas com a caneta na mão.” Para relembrar que representatividade importa, selecionamos seis mulheres que mudaram a história da literatura e nos inspiram a cada dia com sua força feminina.

1. Agatha Christie

 

Agatha Christie
A rainha do crime é uma das maiores escritoras de romances policiais, com mais de 90 livros publicados e traduzidos ao redor do mundo. A autora do livro “Assassinato no Expresso do Oriente” popularizou a literatura detetivesca criando ambientações e elementos que são comumente usados em toda ficção policial até hoje, desde filmes e séries até jogos e quadrinhos.
Os devoradores de livros sabem bem. Por falar em devoradores, conheça a camiseta literária “a literatura alimenta

 

2. Jane Austen

 

Jane Austen
Diálogos cheios de ironia, reflexão sobre valores, ambição. A autora de “Orgulho e Preconceito” criou a comédia de costumes. Seus personagens nobres retratavam a sociedade da época, tão cheia de hábitos e intrigas. Alguns críticos consideram a autora a primeira romancista moderna da literatura inglesa. Acreditamos que os livros são os tijolos que pavimentam o caminho para uma sociedade melhor, mais justa e equilibrada, por isso criamos a camiseta “Só A Literatura Salva”. Jane Austen ficaria orgulhosa! ˆˆ

 

3. J. K. Rowling

 

J. K. Rowling
A autora de “Harry Potter” revolucionou o mundo da fantasia, criando cenários fantásticos, personagens que exploravam magia e oxigenando a relação dos valores de amizade, fazendo com que uma gigantesca leva de fãs atravessassem décadas acompanhando suas aventuras literárias. As obras da autora fortaleceram toda uma gama de autores de literatura fantástica, fazendo com que o gênero saísse do submundo: de uma literatura menor para uma franquia de sucesso. Conheça nossos produtos literários do bruxinho aqui.

 

4. Simone de Beauvoir

 

Simone de Beauvoir
Feminista, símbolo do existencialismo, Simone revolucionou a literatura ao analisar a presença e o papel da mulher na sociedade. A autora de “O segundo sexo” foi polêmica para os padrões da época por produzir conteúdos altamente libertários e eróticos. Veja todos os produtos literárias da autora em nosso site.

 

5. Rachel de Queiroz

 

Rachel de Queiroz
Primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, Rachel de Queiroz revolucionou a literatura brasileira ao trazer temas sociais como a luta do povo nordestino para uma ótica literária dramática. A autora de “O quinze” e “Memorial de Maria Moura” foi pioneira na arte de dar voz à literatura regionalista do sertanejo e foi uma escritora de vanguarda dentro do movimento modernista brasileiro. Por falar em modernismo, confira o que temos sobre eles em >> http://www.poemese.com/movimentos-literarios/modernismo <<

 

6. Virginia Woolf

 

Virginia Woolf
A autora de “Mrs. Dalloway” é considerada uma das maiores romancistas inglesas do século XX e pode ser vestida na Poeme-se >> http://www.poemese.com/virginia-woolf << Em suas obras, o fluxo de consciência dos personagens – técnica literária amplamente difundida por suas narrativas – é trabalhado dentro de narrativas rotineiras, transformando o banal em poético.

 


Conhece alguma autora que esteja quebrando padrões na atualidade? Adoraríamos conhecê-la! Conta para gente nos comentários.


Hanny Saraiva

Caça palavras: você é tão livro!

Caça palavras: você é tão livro!

“Você é tão livro!” Quem nunca quis ser chamado assim? Se você pudesse ser um livro, qual seria? Encontre 3 títulos dentre os 20 melhores livros de todos os tempos e eles revelarão sua personalidade!

O que as misteriosas palavras ocultas dirão sobre você?


Curtiu seu resultado? Compartilhe com seus amigos para que eles possam se sentir tão livro quanto você. Conta para gente quais títulos achou que te diremos quem tu és.


Veja quem você é aqui!

 

Hanny Saraiva

7 músicas inspiradas em livros

7 músicas inspiradas em livros

O Rock in Rio passou e quem já ficou com saudade daquele gostinho de festival? o/ Como música e literatura andam coladas e continuam movendo nosso mundo, selecionamos as sete músicas mais divertidas inspiradas em livros para você ter um dia Poeme-se! Porque “depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música”.

1. Soma, The Strokes e Admirável Mundo Novo

O nome da música e letra são inspiradas na pílula Soma que cura qualquer dor e sofrimento no livro Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

2. For whom the bell tolls, Metallica e Por quem os sinos dobram

O romance de Ernet Hemingway inspirou uma das mais famosas músicas do Mettalica. A música faz referência à guerra, à morte e à montanha onde os personagens do livro se escondem.

3. The Resistance, Muse e 1984

A obra de George Orwell inspirou muita gente, mas a banda britânica fez uma ode ao dedicar o álbum inteiro à sociedade distópica da narrativa de Orwell, como se fosse uma síntese musical do livro.

4. Busca vida, Paralamas do Sucesso e O Pequeno Príncipe

O vídeo da banda de Brasília ganhou várias premiações da MTV Brasil e a música é inspirada no clássico livro de Antoine de Saint-Exupéry. Para você se perder entre as estrelas. =D

5. A hora da estrela, Pato Fu e A hora da estrela

Clarice Lispector inspirou a banda mineira que acredita que “toda arte é alimento pra criar”, com referências explícitas à personagem do livro.

6. Firework, Katy Perry e On the road

Parcialmente inspirada na obra de Jack Kerouac, a música de Katy Perry faz referência à uma passagem do livro que seu esposo havia lido para ela: “como ele queria estar próximo de pessoas que estavam zumbindo e efervescendo”. De acordo com a cantora: “Acho que é por isso que escrevi, é porque eu realmente acredito nas pessoas e acredito que elas têm uma faísca que pode ser um fogo de artifício.

7. Save Ginny Weasley, Harry and the Potters e Harry Potter e a Câmera Secreta

Sim, existe o estilo Wizard Rock, criado por bandas que se inspiram no universo potteriano de J. K. Rowling. Destaque para a banda Harry and the Potters, a primeira do gênero, com divertidas e despretensiosas performances.


Qual sua preferida? Conta pra gente nos comentários! <3


Hanny Saraiva

Sorteio Bienal Poeme-se + Ubook na Bienal.

A Poeme-se e o Ubook se uniram para espalhar literatura pelo mundo, na BIENAL!

Todos os dias do evento, sortearemos sorteamos um kit Ubook:

  • 6 meses de Ubook 
  • 1 Book bag ESPECIAL!
  • 1 Fone de ouvido

Passa lá, inscreva-se e concorra!


Aqui você pode conferir a lista de ganhadores:

Dia 31-08 –  Giulia Souza

Dia 01-09 – Ana M. Gonçalves

Dia 02-09 – Lucia Maria Gomes Florencio

Dia 03-09 – Priscilla Magalhães Loze

Dia 04-09 – Beatriz de Souza

Dia 05-09 – Juliano Medeiros

Dia 06-09 – Leticia Assis Moraes

Dia 07-09 – Jessica Barcellos

Dia 08-09 – Gabriela Canano

Dia 09-09 – Ana Júlia

Dia 10-09 – Marcelo R. Cabral

 

 

Todo dia um livro: parceria Poeme-se e Nova Fronteira

Nossa parceria com a Nova Fronteira continua… Dessa vez preparamos uma ação pré-bienal fantástica:

Todo dia, até o dia 31, a Poeme-se vai sortear um livro para quem acertas a pergunta difícil, dificílima que preparamos.


Cadastre-se e concorra >>> AQUI


    Todos os livros deverão, necessariamente, ser retirados no estande da Poeme-se, na Bienal do Rio 2017.

Veja a lista de livros e os ganhadores

Dia 16 – O Casamento – Crislane Peres

Dia 17 – O Ventre – Rodrigo Mendes

Dia 18 – O Grande Sertão: Veredas – Rebeca Louzada

Dia 19 – A Cabra Vadia – Sônia Maria Pereira Peres

Dia 20 – O Mistério das Aranhas Verdes – Nathália Freitas

Dia 21 – O Mistério da Coroa Imperial – Alexandra Werneck Viana

Dia 22 – Amálgama –  Tauane Cristina Garuttu

Dia 23 – Romance da Pedra do Reino – Giselly Aguiar

Dia 24 – A Guerra dos Mundos – Renato R

Dia 25 – Crepúsculo dos ídolos – Jamile Mota da Silva

Dia 26 – O Fantasma de Caterville e Outros Contos – Vitor Peres Granato Teixeira

Dia 27 – Física em 12 Lições – Rose Guedes

Dia 28 – O Tambor – Carmem Costa

Dia 29 – O Buraco na Parede – Marcelo Dias Temido

Dia 30 – O Óbvio Ululante – Emerson

 

Um lançamento próprio para o mês dos Pais

    Agosto, aqui na Poeme-se, é o mês de Ernest Miller Hemingway, o querido escritor norte-americano que tinha a alcunha de Papa.
Ele que foi laureado com os maiores prêmios da literatura mundial, agora pode ser vestido. Veja logo a baixo:
T-Shirt Ernest Hemingway Babylook Ernest Hemingway Bata Ernest Hemingway

Curiosidades sobre Hemingway:

“Hemingway” é o nome de uma categoria de bêbado

    Psicólogos da Universidade de Missouri publicaram um estudo na revista científica Pesquisa e Teoria do Vício confirmando a existência de mais de um tipo de bêbado. A categoria dos bêbados impassíveis – aqueles que viram uma garrafa de uísque e continuam agindo como se nada tivesse acontecido – ganhou o nome de Ernest Hemingway. Veja o estudo aqui.

Hemingway foi um espião soviético

    O livro Spies: The Rise and Fall of the KGB in America revelou que realmente estava na lista dos agentes da KGB nos Estados Unidos. Baseado nas notas de um oficial do serviço de espionagem russo, o livro revela que Hemingway foi recrutado em 1941 antes de fazer uma viagem à China. Seu codinome era “Argo”.

Há um asteróide chamado Hemingway

    Hemingway está no céu, e isso não é um eufemismo para sua morte. Em 1978, o astrônomo soviético Nikolai Chernykh batizou um asteroide que orbita o sol de 3656 Hemingway.

Ele sobreviveu a duas quedas de avião

   Em um voo de observação sobre o Congo Belga, atual República Democrática do Congo, em 1952, o avião em que o escritor estava caiu, e ele feriu a cabeça. Tentou pegar um segundo avião para buscar resgate na cidade de Entebbe, mas ele explodiu na decolagem. O saldo final, segundo sua esposa, foram rupturas nos rins e no fígado, o crânio quebrado, um ombro deslocado e duas vértebras fraturadas.

Poeme-se