Os devaneios fantasiosos de Dom Quixote e suas aventuras ao lado de seu fiel companheiro Sancho Pança fizeram do espanhol Miguel de Cervantes um dos mais importantes escritores da literatura mundial. Preparamos uma série de 20 curiosidades de Dom Quixote no dia dos 469 anos de Cervantes (o autor nascia em 29 de setembro de 1547).

1) O título original da obra é “El ingenioso hidalgo Don Quixote de La Mancha”, no Brasil: “Dom Quixote de La Mancha”

2) A obra teve sua primeira edição publicada em 1605, na cidade de Madri.

3) O autor Miguel de Cervantes y Saavedra (1547-1616) é considerado um dos maiores escritores da literatura mundial, tendo o livro “Dom Quixote” sendo considerado por muitos como o primeiro romance moderno.

4) A narrativa se desenvolve a partir de um morador de uma fazenda de La Mancha que se dedicava à leitura e, certo dia, começa a viver episódios de loucura, se autodenominando um cavaleiro, Dom Quixote. A partir de seus devaneios, ele sai em busca de aventuras, como a clássica cena em que ele se depara com moinhos de vento e pensa que são gigantes ameaçadores. Em diversos episódios tentam levar tal homem de volta para casa para que trate de sua loucura, mas Dom Quixote sempre arrumava um jeito de retornar com suas andanças para cumprir sua missão de defender a pátria como um legítimo cavaleiro.

5) A história de Dom Quixote é dividida em 126 capítulos, com duas partes: a primeira lançada em 1605 e a outra em 1615.

6) O pintor brasileiro Cândido Portinari produziu uma série de desenhos em lápis de cor inspirada em Dom Quixote.

curiosidades-de-dom-quixote
Pintura de Cândido Portinari retrata Dom Quixote

7) Sua contribuição para a língua castelhana é tamanha, pois foi um dos primeiros das línguas europeias modernas e é considerado por muitos o expoente máximo da literatura espanhola.

8) Em 1777 a coroa espanhola patrocinou uma edição revisada em quatro volumes a cargo de Joaquín Ibarra, com tiragem inicial de 1600 exemplares.

9) Através da história de Dom Quixote, Cervantes pretendia fazer uma paródia dos livros de cavalaria de seu tempo, bastante lidos durante o século 17. O escritor achava ridículo o apego a tal literatura.

10) É considerado o terceiro livro mais traduzido no mundo. Em primeiro e segundo lugares, respectivamente, estão a Bíblia e as obras completas de Lênin.

11) Dom Quixote é também o livro de ficção mais vendido, em segundo vem “O Conde de Monte Cristo” e, na terceira posição, “Um Conto de Duas Cidades”, de Charles Dickens. Veja mais curiosidades do mundo da literatura aqui.

12) Em 1997 foram comemorados os 450 anos do nascimento de Miguel de Cervantes. Em Madri, o Círculo de Belas Artes de Madri realizou então uma leitura pública em voz alta e sem interrupções do livro. Mil pessoas de diversas partes do mundo participaram do evento e cada uma leu em seu próprio idioma um trecho do texto.

13) O pintor surrealista, Salvador Dalí, inspirou-se também no personagem para criar uma de suas obras mais hipnotizantes

curiosidades-de-dom-quixote
Don Quijote, de Salvador Dali

14) Dizer que alguém ou algo é quixotesco representa pessoas ou situações extremamente sonhadoras.
 

15) Em 2002 o livro foi eleito como a melhor obra de ficção de todos os tempos pelo Clube do Livro Noruegueses, com votos de 100 escritores de reconhecimento internacional de 54 países.

16) O genial Pablo Picasso também criou sua representação do cavaleiro mais famoso da Espanha:
picasso-dom-quixote

17) No romance, “Quincas Borba”, de Machado de Assis, há uma citação em referência à obra de Cervantes:

– Bolha não tem opinião. Aparentemente, há nada mais contristador que uma dessas terríveis pestes que devastam um ponto do globo? E, todavia, esse suposto mal é um benefício, não só porque elimina os organismos fracos, incapazes de resistência, como porque dá lugar à observação, à descoberta da droga curativa. A higiene é filha de podridões seculares; devemo-la a milhões de corrompidos e infectos. Nada se perde, tudo é ganho. Repito, as bolhas ficam na água. Vês este livro? É Dom Quixote. Se eu destruir o meu exemplar, não elimino a obra que continua eterna nos exemplares subsistentes e nas edições posteriores. Eterna e bela, belamente eterna, como este mundo divino e supradivino.

18) A alcunha de “O cavaleiro da Triste Figura” deve-se à uma de suas desventuras. Em uma de suas “batalhas”, ele saiu tão machucado que Sancho Pança o apelidou de Cavaleiro de Triste Figura:

      (…) dom Quixote perguntou a Sancho o que o tinha levado a chamá-lo “Cavaleiro da Triste Figura”, justamente agora.

            — Foi porque — respondeu Sancho — estive olhando-o um instante, à luz do círio daquele pobre coitado, e realmente vossa mercê tem a pior figura que vi nos últimos tempos. Deve ser por causa do cansaço deste combate, ou pela falta dos molares.

19) O escritor argentino Jorge Luis Borges definiu com maestria o significado cultural que Dom Quixote atingiu: “Poderiam perder-se todos os exemplares do Quixote, em castelhano e nas traduções; poderiam perder-se todos, mas a figura de Dom Quixote já é parte da memória da humanidade.”

20) O poeta Carlos Drummond de Andrade também deixou lindos versos sobre Dom Quixote:

Disquisição na insônia
Que é loucura; ser cavaleiro andante
Ou segui-lo como escudeiro?
De nós dois, quem o louco verdadeiro?
O que, acordado, sonha doidamente?
O que, mesmo vendado,
Vê o real e segue o sonho
De um doido pelas bruxas embruxado?
Eis-me, talvez, o único maluco,
E me sabendo tal, sem grão de siso,
Sou – que doideira – um louco de juízo.

Curte o livro? Vamos aumentar nossa lista, envie para a gente mais sugestões de curiosidades sobre Dom Quixote nos comentários!

One Reply to “20 curiosidades de Dom Quixote”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *