Este velho lobo do mar já foi de tudo um pouco: correspondente de jornal em Paris no auge da Bele Époque, motorista de ambulância na Primeira Guerra Mundial, correspondente de guerra assistindo a invasão da Normandia na Segunda Guerra Mundial, dar seu nome a uma escala de bebedeira e ter seus livros queimados por Hitler em 1933; Hemingway teve uma vida pra lá de agitada.

Apesar de toda a correria, ele teve algum tempo para escrever livros que olha, renderam para este homem um Nobel de Literatura. Até a banda de Heavy Metal Metallica homenageou-o na música For Whom the Bells Toll, inspirado no livro homônimo Por quem os Sinos Dobram.

Trouxe para você 5 livros essenciais para conhecer este autor que conquista gerações.

O Velho e o Mar

Eu começo com um dos livros mais marcantes de Hemingway. Ele retrata a história de um velho pescador, de nome Santiago, que passava por um jejum curioso: não conseguia fisgar um peixe há 84 dias! Seus companheiros de pesca, vizinhos na sua pequena vila de pescadores, achavam-no um azarado. Mas, tendo fé no que a vida pode lhe reservar, ele tenta mais uma vez.

Camisetas da coleção Ernest Hemingway

Ver coleçãoErnest Hemingway

Paris é uma Festa

De longe esse é o meu livro favorito, pois ele ajuda a dessacralizar a figura do homenzarrão sisudo. Recém-casado, aos 22 anos, Hemingway está em Paris como correspondente de um jornal norte-americano. Ele mostra a convivência dele com grandes artistas e literatos da época, como James Joyce, Scott Fitzgerald e outros, enquanto luta para tentar sobreviver com o que ganha com seus artigos.

Por quem os sinos dobram

Você leu aquele meu texto sobre o Pablo Neruda? Aquele, que diz que o poeta lutou na Guerra Civil Espanhola, contra a ditadura do Francisco Franco? Nesse livro Hemingway narra 3 dias na vida de um americano que está no meio desse confronto, ligado à causa legalista. Essa é uma verdadeira reflexão sobre a crise do mundo moderno.

Adeus às armas

Com fatos retirados, provavelmente de sua experiência pessoal, este romance fala da paixão do jovem Frederic Henry pela enfermeira Catherine Barkley. É um livro que se passa na Primeira Guerra Mundial e Frederic é motorista de ambulância, assim como o próprio Hemingway na mesma Primeira Guerra. Coincidência? Nenhuma. O final do personagem foi o oposto ao do autor? Foi. Agora, basta ler pra descobrir.

Canecas poéticas Ernest Hemingway

Ver coleçãoErnest Hemingway

O sol também se levanta

Lembra de Paris é uma festa, onde Hemingway estava bem no meio da efervescência dos grandes escritores e artistas que estavam lá por Paris na Bele Époque? Então, baseado no seu seleto círculo de amizades, o livro fala de um grupo de expatriados que estão baseados em Paris. Esse foi o primeiro romance do bom e velho Ernest.

Para quem precisava de um guia inicial para ler Hemingway, aí estão os meus favoritos, é o meu Top 5. Acredito que esses textos surpreenderão a todos. Meu conselho é: se você quer entender o autor, comece por Paris é uma festa. Dificilmente você se arrependerá. Mas Felix, eu não curto “biografia”. Começa com o bom O Velho e o Mar.

Aproveite bem, frua bastante e até o próximo texto.

Leita também:

5 Livros para gostar de Hemingway mini bio Mario Felix

2 Replies to “5 Livros para gostar de Hemingway

  1. Já era fascinada pela vida louca deste homem, quando li O Velho e o Mar e simplesmente me apaixonei pelo Hemingway. Qual não foi minha frustração ao ler O Sol Também se Levanta? Achei cansativo, sem a mesma paixão demonstrada na escrita do anterior. Agora preciso mandar esse sentimento embora, com as próximsa leituras: As Ilhas da Corrente e Contos, volume 1. O que você achou desses?

    1. Olá, Simone. Tudo bem?
      Acho que eu só tenho coisas boas para falar de Hemingway, afinal só li O velho e o Mar. Na verdade li e reli. Bom, como não posso te ajudar muito, vou pedir que você volte aqui para me contar se é bom ou ruim As ilhas da Corrente… Ah, ouvi falarem mal de Na Outra Margem (snif).

      Atenciosamente,
      A Poeta – Daiane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *