Compositor também é poeta?

A música popular brasileira sempre dialogou com os recursos peculiares da poesia. De acordo com José Miguel Wisnik, “uma coisa que tem sido observada já há algum tempo é a importância poética que a música popular no Brasil ganhou. Ela não é palavra cantada que serve para o entretenimento de massas enquanto mercadoria em série, ouvida e descartada na estação seguinte. Na música popular do Brasil, pode-se dizer que existe um conjunto de autores, de poetas-cantores que estão desenvolvendo uma obra que resiste à passagem do tempo, ao contrário dos bens de consumo descartáveis.” A configuração estética das canções nos mostram a importância desse eu lírico do compositor.

Quem é seu artista preferido que transita entre a poesia do livro e a poesia cantada? Aqui vão os nossos favoritos

CARTOLA

O mundo é um moinho
Ouça-me bem, amor
Preste atenção, o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos, tão mesquinho
Vai reduzir as ilusões a pó.

CHICO BUARQUE

Construção
E tropeçou no céu como se ouvisse música
E flutuou no ar como se fosse sábado
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Agonizou no meio do passeio náufrago
Morreu na contramão atrapalhando o público.

ZÉ KETI

Acender as velas
Já é profissão
Quando não tem samba
Tem desilusão
É mais um coração

CHICO SANTANA

Adeus, eu vou partir
Por não poder
Mais resistir, tamanha dor
Sinto em deixar
Meu doce lar
Por não poder
Compreender este amor.

NOEL ROSA

O orvalho vem caindo
Meu cortinado é um vasto céu de anil
E o meu despertador é o guarda civil
(Que o salário ainda não viu!)
O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu
e também vão sumindo, as estrelas lá do céu.

VINICIUS DE MORAES

Samba da bênção
É melhor ser alegre que ser triste
Alegria é a melhor coisa que existe
É assim como a luz no coração
Mas pra fazer um samba com beleza
É preciso um bocado de tristeza.

CANDEIA

Preciso me encontrar
Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir pra não chorar
Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir pra não chorar.

ANAVITÓRIA

Trevo
Tu é trevo de quatro folhas
É manhã de domingo à toa
Conversa rara e boa
Pedaço de sonho que faz meu querer acordar
Pra vida.

SALVE O COMPOSITOR POPULAR

A todos os poetas das letras, o nosso salve.

Para você, compositor também é poeta? Quem você nos indicaria? Conta para gente nos comentários. =)

Hanny Saraiva

2 Replies to “Compositor também é poeta?

  1. Para mim, sim, todo os compositores são Poetas,pois escrevem ás letras das suas músicas com o que sentem nos seus corações. Tem lá em Belém Novo, bairro que fica na capital do Rio G. do Sul, um compositor chamado de GUSTAVO RODRIGUES, que apesar de ter gravado 1 disco só, chamado de “ENTREVEROS E REVOLUÇÕES” compôs letras que mexem com corações sensíveis que amam a natureza, os Rios, os Arbustos, enfim, tudo aquilo que é singelo., por isso a gente gosta de ouvir. Ele compôs “MURMÚRIOS do RIO GUAÍBA” rio este que banha PoA, tbm, Flor de Maricá”arbusto de porte pequeno mas tem suma importância na natureza; É árvore nativa e antigamente quando ás leis nõ eram tão severas a lenha do Maricá é forte , queima até verde, segurando por mto tpo o fogo. Sou assim, amo música e pra mim nõ importa o estilo, sim, a mensagem q. apresenta. Bjus

    1. Olá, Nara. Tudo bem com você?
      Puxa, só pelo seu relato já fiquei com vontade de conhecer o trabalho do compositor Gustavo Rodrigues.
      Obrigada pela contribuição, Nara. 🙂

      Atenciosamente,
      A Poeta – Daiane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *