Um dos grandes da literatura brasileira, o “poeta das coisas simples”. Reunimos 8 curiosidades sobre Mário Quintana. Aprecie:

1) Conhecido como o “poeta das coisas simples”, o escritor possuía um estilo marcado pela ironia, perfeição técnica e profundidade.

2) Quintana também fazia as vezes de tradutor: foram mais de 130 obras da literatura universal, tais como: “Em Busca do Tempo Perdido”, de Marcel Proust, “Mrs Dalloway”, de Virginia Woolf, e “Palavras e Sangue”, de Giovanni Papini.

3) Mário Quintana foi expulso do Hotel Magestic, no centro de Porto Alegre, pois o jornal onde trabalhava, o Correio do Povo vei à falência. Ironicamente, anos mais tarde, o local transformaria-se na famosas “Casa de Cultura Mário Quintana”.

4) O primeiro livro foi publicado quando Mário tinha 34 anos, embora já fizesse versos desde pequeno.

5) Dentre tantas obras, as de maior destaque são: Canções, 1945; O Aprendiz de Feiticeiro, 1950; Quintares, 1976; O Baú de Espantos, 1986; dentre outros.

6) Manuel Bandeira dedicou-lhe um poema, onde se lê:

Meu Quintana, os teus cantares
Não são, Quintana, cantares:
São, Quintana, quintanares.
Quinta-essência de cantares…
Insólitos, singulares…
Cantares? Não! Quintanares!

7) Lança seu primeiro livro de poesias, A Rua dos Cataventos, em 1940. Assim, tem início sua carreira de poeta, escritor e autor infantil.

8) Uma de suas conquistas foi a publicação de Antologia Poética, no ano de 1966, com sessenta poemas, organizada por Rubem Braga e Paulo Mendes Campos, e lançada para comemorar seus sessenta anos de idade.

Camiseta Selfie Poética

curiosidades quintana

mario quintana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *