Slider

É chocante saber que um livro que lemos quando crianças e que cresceu com a gente foi publicado há mais de 70 anos! Estamos falando de O Pequeno Príncipe, um clássico infantil, escrito por Antoine Jean-Baptiste Marie Roger Foscolombe — mais conhecido por Antoine de Saint-Exupéry — e lançado em 1943. Esse livro atravessou gerações inteiras e manteve o frescor de seu lançamento, pois mesmo quando o lemos hoje, parece que foi escrito sobre nós e para nós.

Le Petit Prince é cheio de frases profundas que viraram verdadeiros clássicos, ultrapassando as fronteiras do formato livro. É muito comum ver suas imagens, símbolos, palavras, metáforas e trechos inteiros em imagens da internet, em outdoors e até tatuagens. Isso apenas comprova o alcance do que está sendo dito nessa obra. Afinal, como ignorar a profundidade de uma frase como “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.”? O mais legal é que você pode vestir esse livro, exatamente com esse trecho emblemático!

21 Curiosidades sobre O Pequeno Príncipe

  1. Antoine Foscolombe foi o terceiro, dentre 5 crianças. Seus pais possuíam título de nobreza — Viscondes — e, com isso, Antoine também recebeu um: Conde de Saint-Exupéry, que acabou usando como nome artístico.
Curiosidades sobre O Pequeno Príncipe coleção O Pequeno Príncipe

Ver coleçãoSaint-Exupéry

2. Além de escritor infantil, também era poeta e aviador. Juntou suas paixões, de forma que muito de sua escrita dialoga com suas experiências de vôo.

3. Afinal, O Pequeno Príncipe tem como narrador um aviador cujo avião caiu no deserto. Isso é autobiográfico, pois Exupéry se envolveu em algumas quedas…

4. Falando nisso, ele trabalhou como aviador de correio e cargas — o airmail dos anos de 1920 — e também atuou em guerras: a Guerra Civil Espanhola e a Segunda Guerra Mundial.

5. Seu livro de memórias Terre des hommes, bastante lírica, trata em grande parte de sua experiência como aviador. Ela foi publicada em 1939 e venceu vários prêmios, inclusive os prestigiados Grand Prix du roman de l’Académie française e U.S. National Book Award (na categoria de não-ficção).

6. De acordo com o Yahoo! News, em Abril de 2017, O Pequeno Príncipe se tornou o livro de ficção mais traduzido do mundo!! Ele virou acessível para mais de 300 línguas ao redor do globo! Isso significa que essa obra só perde em quantidade de traduções para os livros religiosos. Um feito incrível, não é?

Curiosidades sobre O Pequeno Príncipe Camiseta Infantil O Pequeno Príncipe

Ver camisetacapa pequeno príncipe

7. Alguns países possuem mais de uma tradução de O pequeno Príncipe para o seu idioma. A China e a Coréia do Sul têm, respectivamente, 50 e 47 versões diferentes desse livro.

8. Apesar do autor ser francês, O Pequeno Príncipe foi publicado em 1943 e saiu primeiro nos EUA. Como a França havia sido invadida e tomada pelo exército nazista, Saint-Exupéry passara a morar do outro lado do Oceano Atlântico.

9. Entre 1943 e 1944, Antoine de Saint-Exupéry voltaria à Europa. Agora, como piloto das Forças Aliadas, em luta contra o Nazismo.

10. Sua última missão, em 31 de julho de 1944, consistia em conseguir informações sobre a base nazista no Ródano, de forma a auxiliar a invasão que os Aliados fariam no Sul da França. Ele não retornou dessa missão.

11. Destroços do avião pilotado por Saint-Exupéry foram encontrados apenas em 2004, próximo a Marselha. Também foi encontrado uma pulseira prateada em que estavam inscritos os nomes de Antoine e de sua esposa.

Ver almofadaO pequeno príncipe

12. Hoje em dia, há poucos acidentes de avião, mas na década de 1930, os acidentes eram bem mais frequentes. Saint-Exupéry caiu algumas vezes e colecionou várias lesões e fraturas ao longo dos anos.

13. Foi justamente em uma estadia de hospital que a possível inspiração para Le Petit Prince lhe veio, pois, desejoso de ouvir uma história, sua amiga Annabella leu para ele um conto de fadas que lhe deixou com vontade de escrever uma fábula ele mesmo: A Pequena Sereia, de Hans Christian Andersen.

14. Não só Antoine de Saint-Exupéry escreveu O Pequeno Príncipe, ele também a ilustrou!

15. Orson Welles, que ficou famoso ao roteirizar, dirigir, produzir e protagonizar o filme Cidadão Kane (1941), leu esse livro infantil e ficou tão encantado pela história que comprou os direitos para adaptá-la para o cinema no dia seguinte!

16. Ah, Orson Welles desejava que Le Petit Prince fosse uma animação. Para isso, precisava de um colaborador de peso. Ele convidou, então, ninguém mais, ninguém menos que Walt Disney!

Curiosidades sobre O Pequeno Príncipe coleção O essencial é invisível aos olhos

Ver coleçãoO essencial é invisível aos olhos

17. Infelizmente, a parceria Welles-Disney não vingou. O animador achava que esse filme acabaria ficando mais famoso do que toda a obra do seu estúdio. Após a derradeira reunião com Welles, dizem que ele saiu da sala gritando “Não tem lugar aqui para dois gênios!”.

18. Apesar de O Pequeno Príncipe ser, hoje o livro mais famoso do autor, ele já era famoso antes. Seu romance Vol de nuit (Vôo Noturno}, de 1931, foi o livro que lhe deu fama. Além de ter vencido o prêmio Femina, ele foi adaptado para o cinema e quem o protagonizou foi o famosíssimo ator Clark Gable.

19. Quando se dedicava a escrever, seu horário de trabalho era insano. Começava às 11:00 da manhã e seguia até o raiar do dia seguinte!

20. Os amigos de Saint-Exupéry diziam que o autor ligava para eles no meio da noite para ler trechos longos de seus rascunhos recém-escritos.

21. Para terminar, Antoine de Saint-Exupéry escreveu uma parte para Le Petit Prince que, pensando melhor depois, acabou cortando da versão final da obra. Sobre o que era? Sobre um homem tendo dificuldades para completar uma… palavra cruzada.

BastidorO Pequeno Príncipe

Sabe alguma outra curiosidade sobre o autor ou a obra que não entrou na lista? Comenta com a gente!


Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *