Estamos em Julho e já está batendo na nossa porta a maior Festa Literária do Brasil: a FLIP ou Festa Literária Internacional de Paraty, que acontece entre os dias 10 e 14 de Julho, na charmosa e histórica cidade de Paraty, no estado do Rio de Janeiro.

São muitos os eventos que ocorrerão dentro dessa festa e nós aqui da Poeme-se estamos tão ansiosos pra isso que teremos que nos dividir, cada um, em duas ou mais partes, só para darmos conta de todas as mesas, bate-papos, lançamentos de livros e performances que acontecerão.

Bom, é importante dizer em primeiro lugar que a Flip é gigantesca por conta da presença de muitas editoras e outras empresas literárias. Além do evento principal, com mais de 30 atrações, montado pela organização da Flip, cujos ingressos já estão esgotados a esta altura do campeonato, temos mais de 100 atrações que acontecerão paralelamente às atrações do evento principal.

Mas como assim?

Você deve estar se perguntando… É que editoras se juntam para alugar casas na cidade e, com isso, levar seus autores e livros para lá. Ah, e não são só editoras, não! Outras empresas da área montam acampamento lá, como a PublishNews, a TAG – Experiências Literárias, a Secretaria da Cultura do Estado do Rio de Janeiro (que estará na Casa da Literatura) ou, até mesmo, o Submarino! Além disso tudo, ainda tem o SESC incendiando as ruas com performances e bate-papo em alguns pontos e, como cereja do bolo, um barco chamado FLIPEI, organizado por editoras independentes!

Com tudo isso aí pra rolar, e para ajudar você a organizar a sua agenda pessoal, eu separei, abaixo, alguns dos eventos mais imperdíveis desses dias. Anota aí e, se encontrar comigo por lá, diz quais destes eventos você conseguiu assistir e, também, se curtiu os eventos que assistiu.

Festa Literária de Paraty lançamento da camiseta literária Paraty Cidade Literária Cinza

Ver coleção –  Paraty Cidade Literária

Anota aí

Comecemos pelo evento principal. Fica ligado que as mesas costumam ser transmitidas em um telão na praça principal. Todo ano, homenageia-se uma personalidade literária — já tivemos Clarice Lispector, Lima Barreto e Hilda Hilst. Este ano, celebra-se Euclides da Cunha que foi “correspondente de guerra” lá em Canudos, experiência que foi a matéria-prima do seu clássico Os Sertões, republicado com notas de apoio e fac-símile das suas anotações dos seus cadernos pela editora Ubu. Essa edição teve organização de Walnice Nogueira Galvão, professora emérita da USP. Por isso, ela fará a sessão de abertura, no Auditório da Matriz, no dia 10/07, às 19:00.

Mas o dia 10/07 não tem evento só à noite, não, hein! A abertura com a Walnice Galvão está marcada para às 19:00, mas antes disso teremos outras atrações muito bacanas. Na Casa Helvetia, teremos uma conversa com Luiz Fernando Valladares sobre a obra da Cora Coralina às 10:00; no Mercado das Artes, teremos a performance do Coral Indígena da Aldeia Araponga, às 12:00; na Casa Libre & Santa Rita da Cássia, teremos uma roda de conversa sobre literatura e diversidades com a escritora Cidinha da Silva às 13hs; e, pra finalizar o dia, no barco da Flipei, teremos a Batalha de poesia: Slam do Prego x Slam Marginália, com muita poesia e rap, às 23:00.

A quinta, dia 11/07, começa, na Casa Tyiwaras Tikunas, com um evento sobre a mandioca, matéria-prima da Culinária afro-indígena-brasileira. No evento principal, é o dia de algumas mesas com convidados internacionais ilustres, como, às 17:00, no Auditório da Matriz, o bate-papo entre Kristen Roupenian, autora de Cat Person e outros contos, e Sheila Heti, autora de Maternidade, ambos pela Companhia das Letras. Mais tarde, às 20:30, também no Auditório da Matriz será a vez da mesa com Kalaf Epalanga e Gäel Faye.

Festa Literária de Paraty coleção  Euclides da Cunha

Ver coleção Euclides da Cunha

Mas tem mais coisas nessa quinta, tá?

Sempre quis fazer Yoga? Tem curso para iniciantes na Casa Insubmissa de Mulheres Negras, às 09:30. Além disso, teremos, na Casa TAG: às 11:00, uma conversa com o psicanalista Contardo Calligaris, sobre literatura e psicanálise, com sessão de autógrafos; às 13:00, bate-papo com os booktubers Isa Vichi, Mell Ferraz, Pedro Pacífico e Yuri Al’Hanati; e, às 17:00, conversa seguida de sessão de autógrafos com os escritores Juliana Leite e Tobias Carvalho, vencedores do Prêmio Sesc de Literatura em 2018. Para terminar o dia, corre lá no barco da Flipei, às 21:00, pra ver Christian Dunker batendo um papo com Natalia Timberman, Gustavo Colombini e João da Matta sobre o assunto do momento: fake News!

Sexta-feira, dia 12/07, as atrações aumentam. Vamos destacar o seguinte:  no Auditório da Matriz, às 12:00, bate-papo com as escritoras Ayelet Gundar-Goshen e Ayòbámi Adébáyò, com mediação da professora e pesquisadora Lília Schwarcz; na casa TAG, às 11:00, conversa com Noemi Jaffe sobre literatura e criação, mediada pela escritora Socorro Acioli; na Casa TAG, às 15:00, conversa seguida de sessão de autógrafos entre Conceição Evaristo e Jarrid Arraes; e no Auditório da Matriz, às 17:00, bate-papo com os escritores Karina Sainz Borgo e Miguel Del Castillo. Por fim, corre pro barco da Flipei, às 19:00, para uma conversa explosiva sobre a Lava-Jato com Glenn Greendwald, Alceu Castilho, Gregorio Duviver e Sergio Amadeu.

No sábado, dia 13/07, muitos eventos bons estarão acontecendo ao mesmo tempo, então fica ligado nestas dicas aqui: na Casa da Literatura (CEMBRA), às 9:30, terá conversa sobre os slams e a “literopolítica”, com Pam Araújo, Mel Duarte, Thiago Peixoto e Luna Vitrolira; na Casa TAG, às 11:00, o Raphael Montes vai conversar com o Gustavo Lempert sobre literatura e suspense; na Casa PublishNews, às 11:30, haverá um papo sobre os rumos do mercado editorial com Bruno Mendes, Camila Cabete e Mariana Rolier; na Casa IMS, às 12:00, a escritora Sheila Heti estará para falar sobre o seu livro, Maternidade; também na Casa PublishNews, às 14:00, haverá gravação ao vivo do podcast deles; na Cadeia Literária, às 16:00, os escritores Bruna Meneguetti, Deborah Dornellas e José Almeida Junior baterão um papo sobre elementos históricos na literatura; e na Casa Helvetia, às 20:00, o poeta Ricardo Aleixo estará lá para falar sobre e ler algumas de suas poesias. Por fim, que tal um “Slam Insubmisso” lá na Casa Insubmissa de Mulheres Negras, às 22:00?

Achou que acabou?

Não, senhor O domingo é a cereja do bolo! No Auditório da Matriz, às 10:30, Braulio Tavares recebe Mariana Enriquez para um bate-papo; No Auditório da Matriz, às 12:30, teremos outro bate-papo incrível, desta vez com Amyr Klink, Jarid Arraes, Kalaf Epalanga e Mariana Enriquez; no barco da Flipei, às 13:00, haverá uma conversa sobre o cinema contemporâneo feito por mulheres, com Beatriz Seigner, Jessica Queiroz e Laís Bodanzky; na Casa da Literatura (CIT), às 14:00, Gledson Vinícius, fundador da Poeme-se, falará sobre os novos suportes da Literatura; e no Cinema da Praça, às 17:00, haverá a exibição do longa-metragem Tabu, de Miguel Gomes, lançado em 2012.

Seleção especial para arrasar na Festa Literária de Paraty

Ver coleçãoPara quem ama Flip

Esse monte de eventos é só uma pequena parcela de todo o universo que estará acontecendo durante a FLIP 2019. Fique ligado nas redes sociais da Poeme-se, pois estaremos lá fazendo uma cobertura pra lá de especial!

Leia também


Festa Literária de Paraty - mini bio Rafael Ottati

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *