Os melhores livros de mistério para ler nas férias

Louco para aproveitar as férias e mergulhar em livros de mistério? Temos seis sugestões que te deixarão grudado no sofá, suando de nervoso e ansiedade, doido para saber a solução. Em tempos de férias, nada como um bom banho de enigmas, hein?

O homem de giz, de C. J. Tudor

Se você curte Stranger Things e livros do Stephen King, vai amar os sinais misteriosos e as mortes que ocorrem nesse livro. Ambientado em 1986 e 2016, temos aqui uma alternância entre presente e passado que te deixa sem fôlego, cheia de reviravoltas. Lembra um pouco o universo de IT, porém mais leve. Daria uma ótima adaptação cinematográfica, vamos torcer. Quem sabe…

Sinopse: Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes. Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás.

camiseta literária Criptomaniaco

O mistério de Marie Rogêt, de Edgar Allan Poe

Auguste Dupin é o famoso detetive de Poe que resolve crimes considerados insolúveis. Publicado em 1842, foi inspirado em fatos reais: o assassinato de uma jovem e em seguida o suicídio de seu noivo. É um livro que requer muita atenção, então é perfeito para degustar nas férias. Crimes de fácil solução são difíceis de desvendar. Às vezes as narrativas também.

Sinopse: Paris, século XIX. O corpo de uma mulher, jovem e bonita, foi encontrado boiando no rio Sena. Nas proximidades, um matagal fechado. No local, algumas provas muito claras: uma anágua branca, uma echarpe de seda, um lenço com a inscrição “Marie Rogêt”, nome da vítima, alguns fragmentos do vestido. Chão pisoteado e sinais de luta intensa. Para Auguste Dupin, famoso detetive, quanto mais aparentemente simples o mistério, mais difícil desvendá-lo.

camiseta literária Os mistério de Poe

Joyland, de Stephen King

Essa é a história de um menino que aceita um trabalho nas férias de verão num parque de diversões. Curto, fluido, é ao mesmo tempo uma história de mistério, fantasmas e amor. Com aquele clima de verão desconhecido e eletrizante, é uma ótima pedida para quem curte narrativas sobre realidade sombria e destino.

Sinopse: Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer. Linda Grey foi morta no parque há anos e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Não demora para que Devin embarque em sua própria investigação, tentando juntar as pontas soltas do caso. O assassino ainda está à solta, mas o espírito de Linda precisa ser libertado.

Leia também: 9 Livros para dar Adeus ao ano de 2018

Camiseta literária Books make me Happy

Um estudo em vermelho, de Arthur Conan Doyle

Primeira aventura do detetive Sherlock Holmes, foi publicado a primeira vez em 1887. Nesse livro temos o primeiro encontro ente Sherlock e Watson, em meio a uma história de vingança e assassinato. Se você nunca se aventurou pelos caminhos de Holmes, chegou a hora. Se já andou por essa jornada, nada como revivê-la.

Sinopse: Assassinato, traição, vingança, romance e mistério compõem o pano de fundo para Um Estudo em Vermelho. Que marca a estreia da parceria entre o detetive mais famoso do mundo, Sherlock Holmes, e o médico John Watson. A partir desse encontro, estará selado um pacto entre ambos: “Na meada incolor da vida, corre o fio vermelho do crime e o nosso dever consiste em desenredá-lo, isolá-lo e expô-lo em toda a sua extensão.”

Camiseta literária Arthur Conan Doyle

Buffo e Spallanzani, de Rubem Fonseca

Considerado uma reflexão sobre o gênero policial e sobre a arte de escrever, Rubem Fonseca nos presenteia com uma complexidade na narrativa, ao mesmo tempo ágil e irônica, que envolve a investigação de um assassinato. Esse é um autor que deveria ser mais lido no atual cenário contemporâneo.

Sinopse: Ivan Canabrava, detetive da Companhia Panamericana de Seguros, investiga o caso de um fazendeiro que morreu pouco após fazer um seguro de um milhão de dólares.

 Camiseta Literária A literatura alimenta

O mistério de Edwin Drood, de Charles Dickens

Esse é um livro polêmico e gostaríamos de saber sua opinião. Dickens morreu antes de terminar a história e 100 anos depois retorna (através de forma mediúnica) à narrativa para sua conclusão. Marketing barato ou uma inventividade? Mistérios, mortes planejadas e triângulos amorosos fazem parte da trama. Você é capaz de reconhecer até que ponto a escrita de Dickens vivo vai? Será?

Sinopse: O mistério de Edwin Drood narra um triângulo amoroso e explora temas como o vício em drogas, perseguição e assédio sexual. Jasper, um perturbado regente de coral viciado em drogas se apaixona por Rosa, uma jovem de 17 anos, noiva de Edwin, sobrinho de Jasper. Enquanto a mente perturbada de Jasper planeja diferentes formas de assassinar seu sobrinho, a jovem Rosa desperta os desejos de Neville. Neville e Edwin se tornam rivais. A comoção provocada pelo desaparecimento de Edwin sob circunstâncias misteriosas, seguido da morte de Dickens, deixando o romance inacabado, só foi suplantada pela notícia da finalização do romance através da mediunidade de um jovem e inculto mecânico americano.

Camiseta literária Charles Dickens

Alguma sugestão de leitura misteriosa para acrescentar à nossa lista? Conta pra gente nos comentários. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *