Slider

Para tentar desvendar quem foi Edgar Allan Poe é preciso entender que estamos falando de um dos maiores contistas do gênero policial e de suspense de todos os tempos, criador do primeiro detetive da ficção e que marcou (e marca) gerações com seu modo peculiar de escrever sobre a morte, o mistério e o macabro. Sem ele, por certo, não haveria livros, séries e filmes de ficção policial como são feitos hoje. tal o poder de influência de Edgar Allan Poe na literatura.

Uma pitada de História:

Edgar Allan Poe nasceu em Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos, em 19 de janeiro de 1809. Sua história é marcada pela morte da mãe e o abandono do pai. Poe foi então morar com uma família no estado de Virginia, embora nunca tenha sido adotado formalmente. Com problemas com o “pai”, saiu de casa para se alistar nas forças armadas onde serviu por 2 anos. Ele começou sua carreira como poeta em 1827, com uma coleção anônima de poemas denominada “Tamerlane and Other Poems”. Outro fato importante da história de Poe foi seu casamento com sua prima, que teve uma morte trágica.

Em 7 de outubro de 1849, aos 40 anos, falece de causas desconhecidas – dois anos após publicar seu conto O Corvo, que teve enorme sucesso – o mistério sobre sua morte contribuiu muito para criar o mito de Edgar Allan Poe. Por falar em mito, confira essa matéria que preparamos para entender um pouco mais sobre esse poeta (Por que a cultura pop ama Edgar Allan Poe?)

Quem foi Edgar Allan Poe t-shirt

Ver coleçãoEdgar Allan Poe

Estilo literário ou O lado negro da força?

Ao longo de sua carreira foi autor de contos, poemas, editor e crítico literário. Hoje é reconhecido como um dos primeiros escritores de conto e também inventor do gênero de ficção policial, além de contribuições ao gênero de ficção científica. Poe foi integrante do movimento romântico americano. Após a publicação de sua primeira obra de poemas, o escritor trabalhou em jornais e revistas como crítico literário, e começou a escrever também em prosa.

Dentro do romantismo, é mais identificado com a parte sombria, pois trabalhou com temas como a morte, o mistério, o terror em uma pegada gótica. Alguns de seus biógrafos apontam que a escolha dos temas em parte vinham mais pelo gosto do público do que do próprio escritor, por isso ele também escreveu sobre pseudociência, frenologia e fisiognomia. Além do horror, Poe também escreveu sátiras, contos de humor e hoaxes (vocês sabem o que é isso?).

Entre as crenças literárias de nosso autor, destaca-se a linha de pensamento que propõe que o trabalho de qualidade deveria ser breve e concentrar-se em um efeito específico e único. Para tanto, Poe coloca que o escritor deveria calcular cuidadosamente todos sentimentos e ideias.

Por volta de 1849, Poe planejava criar o seu próprio jornal, mas veio a falecer neste mesmo ano como já dissemos.

Quem foi Edgar Allan Poe Babylook

Ver coleçãoEdgar Allan Poe

Bibliografia de Edgar Allan Poe

Entre tantas outras obras de sua bibliografia destacamos aqui Tamerlane, Manuscrito encontrado numa garrafa, Berenice (que deu origem a primeira camiseta da Poeme-se), Alone, The City in the Sea, O Corvo, A Descida do Maelstrom entre muitos e muitas outras obras fantásticas. Preparamos uma matérias especial só para falar de alguns contos de Edgar Allan Poe: Livros de Edgar Allan Poe, o mestre do terror.

Para finalizar essa matéria com chave de ouro e para provar que somos muito fãns de Edgar­­­ Allan Poe. Deixo em destaque a matéria que postamos em 2012 sobre o nosso ensaio fotográfico da primeira camiseta em homenagem ao autor. Confira como foi:

Ensaio Fotográfico Camiseta Edgar Allan Poe

Quem foi Edgar Allan Poe bata

Ver coleçãoEdgar Allan Poe

Curiosidades de Edgar Allan Poe:


4 Replies to “Quem foi Edgar Allan Poe? Histórias e principais obras

    1. Olá, Karla. Vou pesquisar a resposta para a sua pergunta e escrevo aqui para você quando descobrir. Tudo bem?

      Atenciosamente,
      A Poeta – Daiane.

    1. Olá, Karla. Vou pesquisar a resposta para a sua pergunta e escrevo aqui para você quando descobrir. Tudo bem?

      Atenciosamente,
      A Poeta – Daiane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *