Sarau Fora da Caixa – Poeme-se

Ontem, dia 12 de janeiro de 2013, aconteceu o 1º sarau Sarau Fora da Caixa – idealizado e realizado pela Poeme-se. E diga-se de passagem, foi um tremendo sucesso! São Pedro não ajudou, fazendo chover durante todo o dia em questão. Mas isto não impediu que cerca de 40 pessoas estivessem presentes, destilando seus versos e outras manifestações poéticas no Sarau Fora da Caixa.
Tivemos poesia cantada, voz e violão, literatura enxuta, poesia, prosa e leitura dramática de textos do Luiz Fernando Veríssimo.  E além disso tudo, ainda temos uma poesia colaborativa feita às cegas! O resultado você vê logo abaixo:

fora da caixa
o ar é azul, azul, azul
essência
calmaria na comunhão
transa
de amor mistura e poesia a tarde cria
afinal, o que é a vida sem caprichos?
cores, amores e Frida Kahlo
andei louco atrás deste lugar
surpresa!
…e fico a procurar aqui dentro
deixo-me largar na via pública
o amor é outra coisa…
sonhar é não morrer só
acabar
eu só queria que isso não…
motivo de chacota.
há sóis em minha solidão.
som.
som!
matei até um frango para te ter de volta
a dor chama teu nome.
engana-a, toma outro norte!
curto.

Fotos em nossa página do facebook!

Curtiu? Este foi apenas o primeiro de muitos outros saraus que a Poeme-se realizará para colocar a poesia em movimento. Se você participou do nosso sarau, deixe seu comentário, pois por meio dele faremos eventos ainda melhores!

Poeme-se sempre!
www.poemese.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *